Buscar
  • Daniel Saka

Quanto custa um painel de energia solar?


Essa pergunta começa a vir à tona, principalmente em um ano tão complicado para o brasileiro, como em 2021, quando a energia sofreu diversos reajustes em todo o país.

Em Minas Gerais, por exemplo, a conta de luz pode chegar a 115% de reajuste apenas neste ano.





Em várias partes do Brasil o cenário é o mesmo. Alguns lugares sofrem mais pela falta de chuva e falhas na distribuição de energia que refletem na conta do consumidor.

Por conta disso, ano após ano aumenta o interesse do brasileiro em alternativas mais econômicas e sustentáveis, como a energia solar.


De acordo com o Ibope Inteligência 2019, 93% da população brasileira afirmou ter interesse em gerar energia renovável em casa.


Segundo Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a redução nas contas de casas e empresas pode chegar a mais de 90% com o sistema fotovoltaico.


Mas, afinal, quando custa um painel de energia solar? O custo de instalação é alto? Em quanto tempo esse investimento retorna? Vamos explicar esta e outras dúvidas a seguir.



Evolução dos preços de um painel de energia solar


Os primeiros módulos fotovoltaicos surgiram por volta da década de 1970, quando a crise petrolífera começou a se instaurar em todo o planeta.


Nesta época, as próprias empresas exploradoras de petróleo investiram em pesquisa e inovação para criar formas mais baratas de gerar energia.


Naquele tempo uma placa solar simples de apenas 10 watts de potência custava 700 dólares! Hoje, com apenas 800 reais (às vezes até menos que isso), é possível comprar no varejo um módulo fotovoltaico de 400 watts de potência.



Precificação dos módulos fotovoltaicos


O preço dos módulos fotovoltaicos de um painel de energia solar costuma ser apresentado pelo termo preço por watt (R$/watt), ou seja, a divisão do custo em reais pela potência-pico do módulo.


Em 2008 o preço de uma placa de 205Wp era de R$17,07/Wp.

O cálculo é o seguinte: R$3.500/205Wp = R$17,07/Wp

Atualmente, temos o seguinte cálculo: R$800/400Wp = R$2,00/Wp


Ou seja, hoje o preço por watt é de aproximadamente de 2 reais, com esse valor caindo dia após dia, por conta da escala de fabricação destes produtos e de sua popularização.



O que você precisa pagar para ter um painel de energia solar


Para fazer a instalação de um painel de energia solar em sua casa ou empresa você precisa pagar o equipamento e o serviço de instalação.



Equipamento

Kit de Energia Solar composto de painéis solares, string box, cabos, conectores, inversor, e estruturas de fixação, que juntos vão gerar energia solar para alimentar a sua empresa, residência, sistema de bombeamento ou qualquer outra coisa que utilize energia elétrica.



Serviço de instalação

Para você produzir energia solar será necessário contratar os serviços de um profissional/empresa especializado na instalação do gerador de energia solar. Esse profissional/empresa precisa ter um engenheiro responsável para fazer o projeto e submeter a documentação junto a distribuidora de energia para que o gerador seja homologado seguindo a lei. Além disso, esse profissional será responsável pela parte mais difícil de todo o processo: subir no telhado e fazer a fixação dos painéis solares, além de conectar o gerador na rede da sua casa, observando todos os padrões de segurança e normas vigentes.



Vale a pena instalar um painel de energia solar?


De acordo com dados da Absolar, a taxa de retorno do investimento está entre 20% e 25% ao ano.


Além disso, as placas solares têm algumas isenções de impostos, alíquotas diferentes em cada estado, o que diminui o preço de venda deste equipamento.


Se você possui uma empresa, isso se torna muito interessante, afinal, a conta de energia irá diminuir significativamente e ainda será possível comprar os kits com painéis de energia solar mais baratos.





O custo de compra de apenas única placa sai relativamente mais caro do que comprar um pallet (20-30 módulos) por watt. Alguns estados ainda oferecem incentivo fiscal, através de isenções tributarias, para a compra de kits fotovoltaicos por serem equipamentos para geração de energia limpa.


Para pessoas físicas o preço por watt pode sair um pouco mais caro, afinal, a compra em maior quantidade por empresas acaba barateando o produto. Aquelas distribuidoras que conseguem fazer preços menores acabam vendendo apenas para pessoas jurídicas.


No entanto, o consumidor pode conseguir linhas de crédito e financiamentos específicos para aquisição de sistemas fotovoltaicos que barateiam bastante o custo e facilitam a aquisição.


No fim das contas, ambos conseguem ter vantagens ao instalar painéis para obtenção de energia solar.


O valor final, portanto, dependerá do tamanho e da complexidade da instalação do painel de energia solar a ser instalado. Por isso, é importante que você faça uma cotação com uma empresa especializada como a Saka Solar. Assim, podemos avaliar as particularidades do projeto, como a dificuldade da instalação e a eficiência energética da composição, por exemplo.


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo